Novidades em Chapada dos Guimarães

Literatura 01/02/2021 16:25

Maria Helena Bressan de Souza, de 10 anos e sua primeira obra literária "Um mundo de Aventura".

Com textos e ilustrações, a ideia da obra é cativar pequenos leitores de forma que reconheçam o território em que vivem na beleza de cada localidade.

Por Maria Clara Cabral do leiagora

 
De Chapada dos Guimarães, a jovem escritora Maria Helena Bressan de Souza, de 10 anos, prepara sua primeira obra literária ‘Um mundo de Aventuras’, uma série de pequenas histórias inspiradas no cotidiano, nas descobertas, transformações e aventuras pelo território da Baixada Cuiabana.
Além dos textos, a jovem também cria ilustrações que irão compor o livro para o público infanto-juvenil.
A ideia é cativar os pequenos leitores de forma que reconheçam o território em que vivem na beleza de cada localidade.

A obra será lançada pela Editora Sustentável, sediada em Cuiabá, onde a autora nasceu. A previsão é que tenha uma tiragem de 1 mil exemplares com distribuição gratuita. O projeto foi contemplado pelo Edital de Seleção Pública Nº 05/2020/Secel/MT Nascentes, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso.

Maria Helena é aluna do Centro Educacional Sebastião Albernaz – CESA de Chapada dos Guimarães e, através de vivências familiares e educativas, exercita um olhar atento às coisas do seu cotidiano, o que tem grande influência das vivências familiares e educativas.

"A escola contribuiu de forma significativa na sensibilização à cultura com a importância da literatura e das diversas expressões artísticas", explicam os pais de Maria Helena, Alessandro Flaviano de Souza e Idineia Bressan.
Eles relembram que nos eventos do CESA, a autora já atuou em diversas peças infantis e espetáculos musicais - com destaque para a atuação protagonista de Menina Bonita do Laço de Fita, da Obra de Ana Maria Machado - e danças tradicionais, como Siriri, com coordenação da professora Marcieli Melo.

"Este seria um bom exemplo de como a educação formal quando agrega os elementos da cultura local e das diversidades em suas atividades, promove o estímulo à criatividade e a construção de consciência e olhar crítico à sociedade".

A família também destaca que o período da pandemia foi uma oportunidade de Maria Helena dar vida a histórias, retratando memórias através de desenhos a mão livre, algo que também tem grande influência no cotidiano da jovem por conta de sua vivência com as exuberantes paisagens de Chapada dos Guimarães.  

Apesar das limitações de acesso à internet em detrimento da idade, Maria Helena também é uma criadora inveterada de vídeos para TikTok com ênfase em animações inspirados em gacha.
Para as criações, Maria Helena já iniciou visitas em localidades que serão apresentados na obra: Comunidade São Gonçalo Beira Rio, Passagem da Conceição, Museu da caixa d'água, Porto, Comunidade Rio da Casca, Lagoinha de Baixo, Água Fria e Cachoeira do Pingador.
 
Com informações da assessoria

O Site

Informações sobre os principais atrativos turísticos, comércio local, instituições públicas, vagas de empregos e muito mais!

Resultado de imagem para cadastur 13.028984.10.0001-5

 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo