Novidades

SAAE / Estação de Tratamento de Água 20/01/2018 09:00

Inauguração da nova Estação de Tratamento de Chapada dos Guimarães.

A inauguração da obra será no próximo dia 20 de janeiro de 2018 às 9 hs na sede do SAAE.

 

O governo do Estado de Mato Grosso e a Prefeitura de Chapada dos Guimarães convida a população para participar da inauguração da nova Estação de Tratamento de Chapada dos Guimarães no próximo dia 20 de janeiro às 9 hs na sede do SAAE - Sistema Autônomo de Águas e Esgotos.


Convite

A obra é um marco histórico para a cidade que sofre com a falta d`água desde sua fundação. O Sistema de Abastecimento de Água do município de Chapada dos Guimarães ampliará a capacidade de fornecimento de água de 50 litros por segundo atuais para 100 litros por segundo durante os meses de estiagem colocando fim ao déficit de mais de 40% existente hoje e triplicando a capacidade atual.

 

 


Estação de Tratamento de Água

A universalização da água envolveu um investimento total de R$ 17 milhões proveniente de emenda parlamentar de R$ 10 milhões apresentada ao Orçamento Geral da União (OGU) em 2010 na época deputada federal e atual prefeita do município a sra. Thelma de Oliveira e de R$ 7 milhões de contrapartida do Governo do Estado, via Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT), Fundação Nacional de Saúde (Funasa). 

 

 

Entre as estruturas executadas estão a Barragem de Captação Rio Peba, localizada a 11,5 km do Centro de Chapada dos Guimarães; a Estação Intermediária (booster), a 7,5 km da cidade; e ainda a expansão da Estação de Tratamento de Água (ETA), instalada dentro do complexo do Sistema Autônomo de Água e Esgoto de Chapada, na área urbana do município. 


Obras 

O sistema de fornecimento do produto adotado é o tradicional composto pelas etapas de chegada da água, com a regulagem do ph do líquido, passagem pelo floculador (tratamento), decantador e filtros, que fazem o processo de cloração do líquido. Na segunda fase, a água é enviada aos reservatórios e posteriormente para rede de distribuição.

 

 

Estrutura antiga

Antes da expansão da rede, a Chapada tinha capacidade para reservar 4 milhões de litros de água, sendo dois milhões armazenados dentro da ETA e outros dois no reservatório Bom Clima, também pertencente à prefeitura. Essa água distribuída era captada em três fontes. Entre elas, os córregos Buracão (entrada da Chapada), Quineira (centro da cidade) e o Monjolo (ao lado do bairro Sol Nascente). 


Escritório da SAAE


Fotos de Rafaella Zanol

Atualmente, a capacidade de fornecimento de água na cidade é de 50 litros por segundo (180 mil litros por hora). Porém, na época da seca o processamento máximo da Estação de Tratamento cai, baixando para 30 litros por segundo. Com a construção da nova central, que entra em operação este mês, o córrego Cachoeira Rica passará a ser um dos principais fornecedores de água potável da localidade, bem como seu afluente o córrego Vassoral. A partir do fortalecimento do sistema, o volume de água tratada sairá dos 30 litros por segundo na seca, podendo atingir até 100 litros por segundo, triplicando a capacidade de distribuição.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Secid


Veja também sobre SAAE /ETA

Institucional

O Site

Informações sobre os principais atrativos turísticos, comércio local, instituições públicas, vagas de empregos e muito mais!

Resultado de imagem para cadastur 13.028984.10.0001-5

 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo